My Menu

Image Map

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

E Quando o judiciário te Rouba Direitos? II

Aconteceu comigo Rodolfo Fabiano Andrade, que não posso tirar antecedentes!
Um dia fui mal abordado por PMs da Rocam da Policia Militar do estado de SP, era 01 de dezembro de 2005 ás 13h23m . Antes mesmo de me revistarem e pedirem os documentos, me apontaram as armas. Depois de um discussão e argumentos falhos dos PMs pela abordagem errônea em que reclamei da abordagem. Me prenderam por desacato. O rapaz que me acompanhava devia pra polícia, pois já cometia crimes dos quais eu não tinha conhecimento, ficou como testemunha dos policias e fui preso por desacato. Ele o rapaz me acompanhava pois estava trabalhando para mim de ajudante. Pois bem! Fiquei uma tarde preso o delegado Vernei Antônio de Freitas (maçom) para me soltar, me fez assinar um termo circunstanciado ( N° 900209/2005), o que me levou à réu e os policiais a vítimas desacatadas. Fui processado e na intimação a data estava mal escrita eu perdi a audiência e por razão disto indo no dia errado. Porém me informaram que o Juiz não julgaria sem me intimar mais 2 vezes novamente, que não ocorreram e fui julgado a reveria e condenado. Sem multa, pena a cumprir, e nenhuma medida sócio-educativa, não sou procurado ou algo assim. Porém já fazem, uns "nove anos" do acontecido e não posso tirar antecedentes criminais. Não podendo arrumar emprego, participar de concurso público. Fiz um curso ministrado pela Prefeitura de São José dos Campos - SP e ministrado pelo DEIC -SP, e não recebi o certificado do DEIC. Estou até hoje prejudicado por má conduta policial, julgamento arbitrário, já que por escrita ruim do oficial de justiça e falta intimação do juiz, não tive chance a defesa. Agora me perguntem se voto? Todo ano meu titulo de Eleitor funciona normalmente!
Então fica aqui o exemplo do sistema judiciário de SP; Secretaria de Segurança Publica do Estado de São Paulo que protege e cuida dos cidadãos deste modo e não evita crimes. Existem casos em que a polícia e´acionada varias vezes por agressão é registrado o famoso boletim de ocorrência  e nada se faz até que acaba em morte. Os traficantes só são presos quando deixam de pagar arrego.
Mas o que a policia de São Paulo faz bem é intimidar e humilhar trabalhadores, Aliás quando do ocorrido comigo estava exercendo meu direito de ir e vir, e indo do trabalho almoçar aquele dia o Sr. Vernei Antônio de Freitas ( maçom) me deixou preso 5 horas sem almoço e eu trabalhava desde as 8 horas da manhã o ocorrido foram as 13 horas. Acusado de não obedecer a ordem de parada mentira, pois parei, com armas apontas para minha cabeça!
Bem o caso é que enquanto não tivermos justiça de verdade e respeito dos policiais e autoridades
jurídicas pelos trabalhadores. Nunca a policia e estas autoridades serão bem vistas pelo povo.
E como fico eu não podendo exercer meus direitos a trabalho por mau uso da justiça por policiais, delegados e juízes. Abaixo foto do Delegado Vernei;
Na foto o delegado Vernei Antônio de Freitas (maçom), a digníssima pessoa que me ferrou, para fazer o que a polícia faz de melhor, quando os policiais agem errado! O Filha da puta do Juiz não sei quem é, já que o oficial de justiça não sabe escrever, e não consegui estar na data correta na audiência, o que não ia adiantar muito já que fizeram um circo, usando o criminoso que me acompanhava (sem eu saber que estava com o inimigo) como testemunha. Ou seja nem chance eu teria! 
Verdadeiros bandidos de distintivo! Homens que usam a lei e seus cargos para prejudicar quem querem.
Vernei Antônio de Freitas não é um delegado correto como todos pensam de um maçom, todo policial gosta de dinheiro. Mas paramos por aqui pois prezamos nossas vidas! Mas fica a pergunta e quando o judiciário te rouba direitos?
Secretaria de Segurança  do Estado de São Paulo e maçonaria só tem gente boa!

Lojinha Zoran

Aviso

Quando você assistir vídeos, das barras de vídeo, role a barra de rolagem para cima, para achar o vídeo selecionado. Grato!

De Olho na Tela

Loading...